Entrevistas - Vanessa Nicolav - Educação&Participação

Aprender não é ter uma hora de aula de Matemática, mas sermos capazes de incorporar nessa aula a dimensão da educação integral, diz António Nóvoa

“Qual é o nosso trabalho? Como nossa ação cotidiana deve ter um sentido da educação integrada às questões do corpo, às questões das relações, da emoção, dos valores, da sexualidade,  de todos os dilemas que fazem parte da nossa sociedade ?”, indaga António Nóvoa, uma das referências mundiais na formação de professores, ao analisar o papel do educador na contemporaneidade.

Essa e outras reflexões sobre a formação continuada de professores, a educação integral e as demandas do século XXI estão presentes na entrevista especial que ele concedeu à plataforma Educação& Participação. Para ele, aprender não é ter uma hora de aula de Matemática, mas sermos capazes de incorporar em nossa aprendizagem de Matemática essa outra dimensão, a dimensão da educação integral.

Assista à entrevista na íntegra a seguir:

 

 

Durante a entrevista, Nóvoa também responde a algumas questões feitas pelos internautas que seguem a página da plataforma Educação&Participação no Facebook. Confira:

 

 

TagsAntónio Nóvoa, aprendizagem, educação integral, formação de professores

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)