Intersetorialidade: o desafio de uma nova arquitetura de gestão em Betim

Com o objetivo de colaborar com as mais recentes discussões tecidas em torno das novas tendências de gestão pública, o artigo “Intersetorialidade: o desafio de uma nova arquitetura de gestão em Betim” relata como foi a implantação do modelo de gestão intersetorial com base no Programa de Educação Integral, no município de Betim (MG).

O texto é de autoria de Dalvonete Aparecida dos Santos, coordenadora do Programa Escola da Gente Educação Integral de Betim (MG), e de Darli de Souza Dias, docente e coordenadora do Centro de Extensão da Faculdade de Políticas Públicas Tancredo Neves (FaPP-UEMG).

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)