Notícias - João Marinho - Jovens Urbanos

Jovens Urbanos inicia atividades em cinco cidades do Vale do Paraíba

Parceria com o Gamt faz cinco anos e concretiza a transferência da tecnologia social de educação integral do programa para organizações sociais da região. Serão atendidos 400 jovens em 11 núcleos.

Exploração no Núcleo GAMT. Clique para ampliar.
Exploração no Núcleo Gamt. Clique para ampliar.

Cinco municípios, 11 núcleos, 15 turmas de jovens. No quinto ano de parceria com o Grupo de Assessoria de Mobilização de Talentos (Gamt), de Caçapava (SP), o Programa Jovens Urbanos amplia sua transferência de tecnologia e passa a estar presente em mais quatro municípios na região do Vale do Paraíba – São José dos Campos, Jacareí, Santa Branca e Taubaté –, no estado de São Paulo, atendendo um total estimado de 400 jovens.

O Gamt atua há mais de 40 anos e, desde 2013, tornou-se um multiplicador do Jovens Urbanos, visando implementar e disseminar sua tecnologia na região, em uma perspectiva de educação integral. Com a ampliação de 2017, a organização concretiza o objetivo de transferência de tecnologia do Programa para outras organizações sociais que atuam com as juventudes. “Para entrar nos novos territórios, foi realizada uma prospecção de territórios nos cinco municípios, mapeando possíveis parcerias e fortalecendo as articulações estratégicas no Vale do Paraíba”, explica Mariana Mota, da equipe técnica do Jovens Urbanos.

Jovens: percurso formativo e parcerias em 11 núcleos

Acordo de convivência no Núcleo E. E. Prof. Waldemar Salgado. Clique para ampliar.
Acordo de convivência no núcleo EE Prof. Waldemar Salgado. Clique para ampliar.

As inscrições dos jovens do Vale do Paraíba para participar do Programa aconteceram de 6 a 17 de março. Atualmente, está em andamento a fase de adesão, com previsão de término para esta quinta-feira, 20 de abril. Nesta fase, os jovens confirmam a participação e passam a integrar diferentes turmas, com as quais iniciarão as primeiras experimentações na segunda quinzena de maio.

O processo de formação dos jovens é o mesmo em 9 dos 11 núcleos [veja abaixo] que o Jovens Urbanos tem este ano no Vale do Paraíba: dois encontros semanais de 3 horas, totalizando 24 horas mensais, em um percurso que seguirá as estratégias formativas do programa, que são: Explorações; Experimentações; Portfólio Jovem; Projeto Jovem; e Encontros Públicos. A exceção são os núcleos de Fundhas Norte e Fundhas Sul, que serão uma edição-piloto com 12 horas mensais e um encontro semanal. Foram formadas 15 turmas de jovens até o momento – a previsão é que cheguem a 16.


  • A parceria com o Gamt já rendeu uma publicação abordando o trabalho realizado com a implantação do Programa Jovens Urbanos em Caçapava (SP). Clique aqui para acessar.
  • Desde 2015, o percurso formativo do Jovens Urbanos se estrutura em módulos. Quer saber um pouco mais sobre o que são Experimentações, Portfólio Jovem e Projeto Jovem?  Clique aqui para ver.

Para atender todos os participantes, foram criados até o momento 11 núcleos do Programa, que abrangem os cinco municípios e organizações parceiras na região. O número de núcleos pode aumentar, de acordo com o número de jovens, após o término da fase de adesão. São eles:

Caçapava (SP): Núcleo Gamt

A sede do Gamt atenderá 3 turmas de jovens.

Caçapava (SP): Núcleo EE Margarida Maia

O núcleo atenderá jovens da região da Vila Menino Jesus, onde se localiza a EE Margarida Maia.

Jacareí (SP): Núcleo CEU

O Centro de Esportes e Artes Unificados (CEU) se localiza no bairro Parque Meia Lua, região de onde virão os jovens participantes deste núcleo.

Jacareí (SP): Núcleo EE Antônio José Siqueira

A escola se localiza no bairro São Silvestre, próximo à zona rural do município, cerca de 13 km do centro – e atenderá os jovens desta região.

Jacareí (SP): Núcleo Viveiro Municipal

O Viveiro Municipal se localiza no bairro Campo Grande e executará experimentações em parceira com o Instituto Sapucaia.

Santa Branca (SP): Núcleo EE Prof. Waldemar Salgado

A escola é a única em que há Ensino Médio no município, centralizando boa parte dos jovens na faixa etária atendida pelo Jovens Urbanos, e contará com apoio da organização parceira Instituto Batucando.

São José dos Campos (SP): Núcleo EE Alceu Maynard

A escola se localiza na zona leste de São José dos Campos e protagoniza várias iniciativas além do Jovens Urbanos, como projetos de robótica e esporte.

São José dos Campos (SP): Núcleo EE Valmar Lourenço 

O grupo formado na EE Valmar Lourenço tem a parceria do Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP). O CECP é gestor do Museu do Folclore no município.

São José dos Campos (SP): Núcleo Fundhas Norte

A organização Fundhas conta com uma rede que abrange todas as regiões de São José dos Campos.

São José dos Campos (SP): Núcleo Fundhas Sul

Nos dois núcleos com a Fundhas, a parceria consiste em um piloto: os encontros com os jovens acontecerão uma vez por semana.

Taubaté (SP): Núcleo EMEFM Prof. José Ezequiel

Em Taubaté, o Jovens Urbanos tem parceria direta com a Secretaria de Educação do município. Jovens de diferentes bairros (Santa Tereza, Marlene Miranda, Gurilândia) fazem parte da composição das turmas.

 

Formação de educadores

1ª formação continuada de educadores, em Santa Branca (SP). Clique para ampliar.
1ª formação continuada de educadores, em Santa Branca (SP). Clique para ampliar.

Enquanto prossegue a fase de adesão e não se iniciam as experimentações, os educadores que atuarão com os jovens vivenciam seu próprio processo formativo.

A formação inicial, que contou com um total de 12 pessoas, ocorreu entre os dias 15 e 17 de fevereiro na unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) em São José dos Campos. O conteúdo dos três dias foi direcionado para as informações referentes à metodologia do Jovens Urbanos, conceitos gerais sobre juventude, os marcos das políticas públicas sobre juventudes, a reflexão dos eixos temáticos sobre história de vida e cidade, ações de gestão e monitoramento do programa, além de referências de atividades para trabalhar com os jovens.

Já no dia 10 de março, ocorreu a primeira formação continuada, que contou com a presença da equipe gestora do programa e de oito educadores na sede do Instituto Batucando, no município de Santa Branca. O foco foram as metodologias e práticas vivenciadas diretamente no Jovens Urbanos, com os conceitos de cartografia, exploração, autorretrato e portfólio, além do planejamento das atividades iniciais com os jovens. A proposta é que os educadores vivenciem as experiências e as mesmas estratégias formativas que serão desenvolvidas posteriormente com os jovens.

 


Fotos: Divulgação
Tagseducação integral, formação, formação de professores, jovem, jovens, Jovens Urbanos, juventude, mobilizacao, parcerias, percursos, portfólio

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)