Livro trará experiências de gestão em Educação Integral

A publicação, de iniciativa da Fundação Itaú Social em parceria com Cenpec e Unicef, será lançada em março e tem como objetivo apontar caminhos aos gestores de secretarias de Educação que estejam interessados em desenvolver projetos de Educação Integral

Oferecer um referencial teórico-prático a secretários de Educação que querem implementar políticas públicas de Educação Integral em seus territórios. Esse é o propósito principal da nova publicação que sistematiza e divulga novos conhecimentos relacionados à educação integral vivenciada e aplicada na prática.

É como um guia orientador, que contém um referencial teórico-prático e metodológico, com o objetivo de mostrar caminhos e possibilidades e orientar sobre os principais desafios e situações exemplares, observadas em alguns municípios em relação ao desenvolvimento de políticas de educação integral”, afirma sobre a publicação Alexandre Isaac, coordenador do Núcleo de Educação Integral do Cenpec, e um dos responsáveis pela organização do documento.

Escola Estadual Profissionalizante de Fortaleza (CE), visitada em   setembro de 2011
Escola Estadual Profissionalizante de Fortaleza (CE), visitada em
setembro de 2011

Iniciada em abril deste ano e com data prevista de lançamento para março de 2013, a publicação aprofundará e dará prosseguimento ao conteúdo da obraTendências para a Educação Integral, lançada em 2010.

Para sua produção, foram usadas como base visitas e coletas de dados realizadas em 15 municípios de todo o Brasil, locais em que vêm sendo criados e desenvolvidos programas de educação integral ou de ampliação da jornada escolar.

“O livro tem quatro grandes temas: Metodologia, Formação dos profissionais e Gestão e Avaliação. Por isso, quando vamos visitar os municípios para conhecer essas experiências, procuramos pensar qual o brilho e em que aspectos ele está avançando para poder servir de inspiração para os demais”, afirma Beatriz Lomônaco, também responsável pela publicação.

De acordo com ela, a ideia do livro resultou da visão da Fundação Itaú Social, compartilhada pelo Cenpec e por gestores de alguns municípios, de que faltava um material que fosse mais prático e mostrasse o “como fazer” em relação a projetos de educação integral.

“Em janeiro, vão assumir seus cargos novos gestores nos municípios, e essa publicação é voltada especialmente àqueles que serão os novos gestores das Secretarias Municipais de Educação e suas equipes técnicas. Mas também é uma publicação para qualquer gestor, inclusive aquele que atua em ONG, ou diretor de uma escola. A ideia é mostrar os jeitos de fazer por meio de gente que faz, e não do que a gente acha que tem que ser feito”, acrescenta.

Quadros Conteúdo relacionado

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)