Notícias - Vanessa Nicolav - Educação&Participação

“Não é rebeldia, é vontade de participar”

Estudo que investigou as motivações do engajamento de jovens nos movimentos de ocupação das escolas em São Paulo foi tema de apresentação realizada por Mônica Gardelli Franco, diretora-executiva do Cenpec, e Joana Buarque, pesquisadora da área de pesquisa e avaliação da organização.

Com o título “Participação e engajamento de jovens e suas repercussões em sua vida escolar: o caso das ocupações de escolas em São Paulo”, a pesquisa, de natureza qualitativa, combinou estudos exploratórios e entrevistas de longa duração com mais de 70 jovens. Na contramão da imagem comum da juventude rebelde e sem limites, revelou um jovem protagonista e interessado por questões da educação, que sabe o que está fazendo e que busca, de maneira consciente, contribuir para melhorar o sistema de ensino.

Segundo Joana Buarque, um dos dados da pesquisa que salta aos olhos é a grande insatisfação desses jovens com a escola pública. “Todos eles têm uma consciência muito grande do valor da educação para suas vidas e suas famílias, e têm consciência profunda de que a qualidade da educação que estão recebendo na escola pública está aquém do que é seu direito. Nesse sentido, todo esse engajamento está pautado por uma melhor qualidade, para uma escola que atenda melhor suas expectativas de crescimento pessoal e a possibilidade de construir seu projeto de futuro”, afirma a pesquisadora.

Confira vídeo em que pesquisadoras apresentam mais detalhes do estudo:

O estudo foi apresentada no segundo dia do 4º Seminário Internacional de Educação Integral, realizado nos dias 28 e 29 de agosto, nas instalações do Sesc 24 de Maio, em São Paulo. Com o mote A escola e a vida lá fora: (re)conhecer para transformar: como o currículo e o projeto político pedagógico podem abordar as questões contemporâneas brasileiras, a partir da educação integral?, o evento teve como objetivo criar um diálogo qualificado e plural acerca de temas prioritários para a educação integral. Além disso, visava contribuir com os agentes educativos em sua missão de conduzir os processos de ensino e aprendizagem de crianças e jovens.   

Realizado pela Fundação SM México, na Cidade do México, desde 2008, o seminário no Brasil contou com a parceria técnica do Cenpec, Instituto Alana, Fundação SM, Instituto Rodrigo Mendes, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (Cieds), Centro de Referências em Educação Integral e Inspirare. 

Confira abaixo algumas imagens do segundo dia do evento:

 

Tagscenpec, educacaointegral, pesquisa, seminário, SIEI

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)