Notícias - Thais Iervolino - Prêmio Itaú-Unicef

Prêmio Itaú-Unicef divulga projetos vencedores regionais do Nordeste

Foi realizada nesta segunda-feira (5), a cerimônia de premiação dos projetos da Regional Recife, que compreende os Estados da região Nordeste do País. São eles: Humanizarte: Arte, Cultura e Cidadania, vencedor na categoria microporte; Diversidade Cultural de Ponto a Ponto, pequeno porte; Ecomuseu de Maranguape e Escola Municipal José de Moura na Educação Integral da Comunidade Local, médio porte; e Cantos e Encantos da Cidadania, grande porte.

Além do público das organizações da sociedade civil (OSCs) e escolas públicas responsáveis pelas iniciativas, o evento contou com a participação de representantes da Fundação Itaú Social, do Unicef e do Cenpec.

A premiação em imagens

Clique na foto para acessar a galeria do Flickr. Fotos: Geraldo Fotografia.
Clique na foto para acessar a galeria do Flickr. Fotos: Helder Tavares/Trëma Media.

 

Conheça os projetos vencedores dessa regional:

Microporte: Humanizarte: Arte, Cultura e Cidadania
Parceria:
Associação Cultural Arte Viva e Escola Municipal (EM) Amélia Ribeiro Oliveira
Informações: Formar cidadãos conscientes, capazes de compreender, interpretar e se posicionar no contexto em que vivem. Esse é o objetivo do projeto, que desenvolve oficinas de teatro, dança, arte circense, leitura e flauta doce para 136 crianças e adolescentes de 6 a 15 anos. Saiba mais sobre o projeto, clique aqui.

humanizarte
Clique na foto para acessar a galeria do projeto Humanizarte: Arte, Cultura e Cidadania no Flickr. Foto: Geraldo Fotografia.

 

Pequeno porte: Diversidade Cultural de Ponto a Ponto
Parceria:
Associação Cultural Filhos da Terra e Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Dep. Joaquim de Figueiredo Correia
Informações: Promover as tradições nordestinas e afro-brasileiras por meio de danças típicas da região faz do projeto um marco no contexto social em que está inserido. Nele, 372 crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos, vivenciam a diversidade cultural e o sentido de pertencimento local em oficinas de artes, música e danças populares.

diversidadecultural
Clique na foto para acessar a galeria do projeto Diversidade Cultural de Ponto a Ponto no Flickr. Foto: Aldeci Nogueira.


Médio porte: Ecomuseu de Maranguape e Escola Municipal José de Moura na Educação Integral da Comunidade Local
Parceria:
Fundação do Trabalho Educacional com Recursos Renováveis e Arte e Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (Emeief) José de Moura
Informações: Com gestão colaborativa entre organização, escola, atores sociais e famílias, o projeto garante a melhoria da aprendizagem de 228 crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos, por meio de atividades relacionadas à educação patrimonial. Saiba mais sobre o projeto, clique aqui. 

ecomuseu
Clique na foto para acessar a galeria do projeto Ecomuseu de Maranguape e Escola Municipal José de Moura na Educação Integral da Comunidade Local no Flickr. Foto: Maria Trindade.

 

Grande porte: Cantos e Encantos da Cidadania
Parceria:
Centro de Apoio à Criança e Escola de Ensino Fundamental (EEF) Recanto da Criança
Informações: O projeto oferece oficinas de dança, teatro, esportes, música, pintura, colagem, confecção de jogos e brinquedos com material reciclável, inclusão digital e comunicação social e comunitária a 230 crianças e adolescentes de 6 a 18 anos. Saiba mais sobre o projeto, clique aqui.

cantoseencantosdacidadania
Clique na foto para acessar a galeria do projeto Cantos e Encantos da Cidadania no Flickr. Foto: Marcelino Martins.

 

Trajetória de seleção

Após o término da análise preliminar, quando se verifica a compatibilidade dos projetos inscritos com o regulamento do Prêmio, e da divisão por regional e por porte, cada projeto classificado foi analisado documentalmente em relação ao seu conteúdo por mais de um avaliador da Comissão de Seleção Regional, que definiu os 20 projetos semifinalistas.

Após essa seleção, todos os projetos semifinalistas passaram por uma avaliação dos Comitês Técnicos Regionais, que indicaram quais seriam os projetos vencedores regionais. Antes da premiação, porém, todos os projetos indicados receberam uma visita técnica com o objetivo de aprofundar a análise documental realizada até então e confirmar a indicação.

 

Premiação

Cada uma das organizações da sociedade civil (OSCs) e das escolas públicas parceiras responsáveis pelos quatro projetos vencedores desta regional receberá, como prêmio, o valor de R$ 25 mil. No caso das OSCs, o prêmio em dinheiro deverá ser destinado exclusivamente para a manutenção ou a ampliação do projeto, e, no caso das escolas, para o fortalecimento e a ampliação das ações de educação integral.

> Leia aqui o regulamento do Prêmio;

> Consulte o cronograma das próximas ações desta edição. 

 

Sobre o Prêmio

Com o tema Educação integral: aprendizagem que transforma, a 11ª edição do Prêmio Itaú-Unicef teve 1.947 projetos inscritos em todo o Brasil.

O Prêmio é uma iniciativa da Fundação Itaú Social e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

Foi criado em 1995 e, ao longo desses 20 anos, vem reconhecendo projetos socioeducativos que, articulados com escolas públicas, são voltados ao desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens.

Tagsescola, mobilizacao, OSC, parceria, premiação

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 3 comentário(s)

  •    LUIZA ADESF SIMOES FILHO BAHIA  em 
         Prêmio respondeu em 
  •    Cícero Benigno - Associação Cultural Filhos da Terra  em 
         Prêmio Itaú-Unicef respondeu em 
  •    Antonia Leda Costa de Assis  em 
         Prêmio Itaú-Unicef respondeu em