Programa Jovens Urbanos recebe menção honrosa no 17º Prêmio Betinho

Aconteceu na última sexta-feira (8), na Câmara Municipal de São Paulo, a entrega do 17º Prêmio Betinho de Democracia e Cidadania. Homenageando o trabalho do sociólogo e ativista mineiro Herbert José de Souza, falecido em 1997, o prêmio foi criado em 1998 e tem a proposta de conferir reconhecimento às organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuam na área de cidadania na capital paulista. Nesta edição, o Programa Jovens Urbanos recebeu menção honrosa como um reconhecimento ao trabalho desenvolvido na área de educação com jovens e adolescentes em regiões de vulnerabilidade social.

Ao todo, dezoito instituições concorreram ao Prêmio Betinho este ano, tendo sido julgadas por uma comissão formada por representantes da ABONG – Associação Brasileira das Organizações Não Governamentais; Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil; Associação Juízes para a Democracia; Ação da Cidadania Contra a Miséria e pela Vida e o Teatro Popular União e Olho Vivo. A Cempre – Compromisso Empresarial para Reciclagem sagrou-se vencedora da edição 2014.

Jovens Urbanos – De iniciativa da Fundação Itaú Social e coordenação técnica do Cenpec, o Programa Jovens Urbanos foi criado em 2004 e desde então busca ampliar o repertorio sociocultural ao desenvolver, implementar e compartilhar tecnologias que promovam, para as juventudes, processos de formação ampliada, geração de oportunidades e inserção produtiva.

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Total de 1 comentário(s)

  •    Programa Jovens Urbanos é reconhecido pelo MEC como exemplo de inovação e criatividade - Cenpec  em