Projeto Oficinas do Saber

 Organização responsável: Centro de Educação e Evangelização Popular

 Localidade: Florianópolis/SC

As instalações do Cedep ficam no alto de uma colina, em uma das regiões mais pobres de Florianópolis, o bairro Monte Cristo. O entorno é formado por ruas apertadas que atravessam um mar de casas. Os caminhos entre elas são vielas estreitas, tortuosas e em desnível. Para apoiar as iniciativas de movimentos populares por moradia e educação e conquistar a infraestrutura básica no bairro, é criado em 1987, o Centro de Educação e Evangelização Popular (Cedep).

Ao perceberem a dificuldade de adaptação dos filhos à escola pública e à cidade, mães e pais começam a desejar um espaço que proporcione um aprendizado de qualidade às crianças e adolescentes. Algo que estimule o desempenho escolar dos filhos, que melhore a autoestima e a sociabilidade deles, e que os torne cidadãos autônomos, críticos e participativos, capazes de atuar com competência, dignidade e responsabilidade na sociedade em que vivem.

Surgem, assim, em 1991, as Oficinas do Saber, em um momento de grande mobilização e organização popular. Atualmente, o Projeto atende 320 crianças e adolescentes, de 6 a 15 anos, Destaca-se a multiplicidade de atividades, como rodas de conversa, educação tecnológica, arte circense, capoeira, percussão, futebol, ginástica, jogos, música, dança, recreação e apoio pedagógico.

Enriquecendo este cotidiano, o Projeto propõe ações que estimulam a leitura e a escrita. A Oficina Recriando a Escrita, por exemplo, desenvolve atividades de interpretação e produção de textos, releituras, gramática, jogos e brincadeiras para a alfabetização. Nas Oficinas de Artes Literárias, são confeccionados gibis, teatro de fantoches e de bonecos, além de se trabalhar a dramatização, a poesia e a arte de contar histórias.

Na Oficina ‘Garrafas Inteligentes’, os educandos são estimulados a elaborar diferentes gêneros textuais, além de jogos educativos, que depois são levados para casa. Nessa oficina, também é produzido o Jornal Mural “Cedep da hora”.

As crianças e adolescentes têm acesso livre e desenvolto às instalações e aos funcionários, em um o clima bastante descontraído e de grande autonomia. Não faltam, porém, os ‘combinados’ e, principalmente, a intencionalidade pedagógica.

A prioridade é investir nos valores comportamentais, na resolução de conflitos e diferenças. As crianças e os pais se sentem valorizados e consideram o Cedep um espaço de participação e respeito. O sonho sonhado dos pais está sendo concretizado, com a formação de sujeitos pensantes, críticos e atuantes.

No Oficinas do Saber, as crianças ampliam seus projetos de vida e desejam para além do que estão costumadas.

 

  Veja álbum de fotos do Projeto

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)