Projeto Rede Potiguar de Televisão Educativa e Cultural – RPTV

 Organização responsável: Centro de Documentação e Comunicação Popular – CECOP

 Localidade: Currais Novos/RN

Romper as limitações sócio-culturais, ampliar o território do conhecimento e fortalecer o sentimento de pertencimento são algumas das contribuições do projeto RPTV – Rede Potiguar de Televisão Educativa e Cultural do Centro de Documentação e Comunicação Popular – CECOP, na cidade de Currais Novos, interior do Estado do Rio Grande do Norte.

“O projeto contribui para que crianças, adolescentes e jovens tenham acesso aos bens culturais, a processos educativos e ao uso das novas tecnologias digitais para documentar e difundir aspectos da realidade e dialogar com a sociedade. O projeto também tem colocado na pauta das discussões, das entrevistas e dos conteúdos veiculados, o debate sobre os direitos das crianças e adolescentes.”

Ficha de Inscrição

Com o apoio da Secretaria Estadual de Educação, o CECOP obteve a concessão de uma TV a cabo para a implantação de uma TV Educativa e Cultural. Proposta inovadora.

O Projeto RPTV articula comunicação, cultura e educação popular por meio de ações em rede junto à comunidade, setores públicos e a rede de garantia de direitos da infância e da adolescência. As ações acontecem em diferentes espaços urbanos e rurais colocando os adolescentes e os jovens como protagonistas, acreditando no seu poder de criação, liderança e transformação social.

Exibição de filmes, debates, roda de leitura, contação de histórias, produção de textos, oficinas de fotografia, vídeo e capacitação de áudio visual para 250 crianças e adolescentes de 10 a 18 anos, proporcionam múltiplas aprendizagens e mesclam conhecimentos científico, técnicos e populares. Um grupo de adolescentes é capacitado para participar de todas as fases da produção, revezando-se na execução das diferentes etapas de planejamento, execução e avaliação de programas. Conhecer, ouvir, construir, observar, dialogar, conviver, circular são algumas das muitas oportunidades oferecidas pelo RPTV.

No projeto, o uso das novas tecnologias dialoga com os interesses das crianças, adolescentes e jovens, assim como a valoriza os saberes tradicionais que contribuem para o desenvolvimento do sentimento de pertencimento ao lugar onde vivem. Contribui para a democratização dos meios de comunicação e do uso da tecnologia nas escolas públicas, capacitando professores para incorporá-las no contexto escolar.

As ações do projeto reverberam para a população por meio de exposições, apresentações culturais, rodas de conversa, exibição de filmes e debates, criando um espaço de diálogo na comunidade e entre todos os envolvidos na proposta.

  Veja álbum de fotos do Projeto

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)