MG Eventos
- Thais Iervolino e Vanessa Nicolav - Jovens Urbanos

Seminário Internacional sobre Inclusão de Adolescentes e Jovens no Ensino Médio

O evento, que aconteceu nos dias 27 e 28 de abril, contou com transmissão on-line pela plataforma Educação&Participação

 

Para garantir os direitos dos adolescentes brasileiros, o País precisa enfrentar grandes desafios. Embora, nos últimos 25 anos, o Brasil tenha avançado muito na garantia do direito de aprender de crianças e adolescentes, quando se observa o grupo específico de 15 a 17 anos de idade, constata-se que apenas uma parte dessa população está na fase educacional correspondente à sua idade [veja no box “Os desafios do Ensino Médio”].

A fim de apresentar propostas aos governos municipais, estaduais e federal, o Seminário Internacional sobre Inclusão de Adolescentes e Jovens no Ensino Médio, que aconteceu em Belo Horizonte (MG), se constituiu em um espaço de diálogo, aprofundamento, intercâmbio de experiências e análise de políticas voltadas à inclusão escolar de adolescentes e jovens. Houve também destaque à parceria que o Programa Jovens Urbanos possui com o Estado de Minas visando à educação integral.

> Confira três teasers da roda de conversa entre os jovens na abertura do evento e um depoimento da secretária de Educação de Minas Gerais, Macaé Evaristo:

 

> Confira na galeria do Flickr as fotos de nossa cobertura diária [clique na imagem]:

Seminário Internacional sobre Inclusão de Adolescentes e Jovens no Ensino Médio

> Em breve, a plataforma Educação&Participação publicará um balanço do evento, com mais entrevistas e vídeos. Aguarde!

 

Os desafios do Ensino Médio

De 2004 a 2014, o percentual de adolescentes de 15 a 17 anos matriculados no Ensino Médio aumentou de 47,5% para 59,5%, uma evolução melhor que em períodos anteriores. No entanto, cerca de 1,7 milhão de adolescentes de 15 a 17 anos (16,3% dessa população) ainda estão fora da escola, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2011. Entre os que estão matriculados, 35,2% (em torno de 3,1 milhões) ainda frequentam o Ensino Fundamental.

Trabalho precoce, gravidez, violência familiar e no entorno da escola, falta de acesso à escola na zona rural, conteúdos desconectados de sua realidade e ausência de propostas pedagógicas inovadoras são alguns dos desafios apontados pelos adolescentes em pesquisas recentes.

Saiba mais sobre os desafios de uma educação integral para Ensino Médio.


Os objetivos do Seminário

  • Identificar, analisar e desenvolver propostas de metodologias, programas e políticas de inclusão de adolescentes no Ensino Médio;
  • Promover um intercâmbio de experiências nacionais e internacionais de práticas educativas que favorecem a inclusão escolar de adolescentes no Ensino Médio;
  • Oferecer espaços de diálogo entre adolescentes, jovens, professores, gestores de políticas educacionais e pesquisadores para identificar temas críticos e propostas de inclusão escolar;
  • Debater a Base Nacional Comum Curricular no contexto do Plano Nacional de Educação e apresentar contribuições a ela.

Consulte a programação com as oficinas e os palestrantes que estiveram presentes em Belo Horizonte.

 

Encontro Nacional
Precedendo ao evento, ocorreu, nos dias 25 e 26 de abril, o Encontro Nacional de Redes de Adolescentes e Jovens, quando  jovens brasileiros puderam se reunir para definir posições e propor demandas ao Seminário Internacional. A plataforma Educação&Participação esteve lá. Veja como foi.

> Confira dois vídeos com a voz dos jovens no Encontro Nacional:



Saiba mais, acesse o site da Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais

Serviços

Início: 27/04/2016

Fim: 28/04/2016

Horário: a partir das 9h

Local: Dayrell Hotel e Centro de Convenções - Rua Espírito Santo, 901 - Belo Horizonte (MG)

Endereço: Belo Horizonte - Rua Espírito Santo, 901, MG, Brasil

Tagsdireitos humanos, ensino médio, juventude

Que tal deixar um comentário?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *