A articulação de organizações e escolas para a garantia de direitos de crianças, adolescentes e jovens

“A educação integral implica em uma nova organização das relações e das diferentes ações educacionais em busca de um objetivo comum: a garantia do direito ao desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens.”

Inspirado por essa proposta, o vídeo A articulação de organizações e escolas para a garantia de direitos de crianças, adolescentes e jovens destaca experiências de articulação entre escola, organizações da sociedade civil e outras instituições nos territórios, bem como os resultados obtidos no trabalho conjunto sob a perspectiva da educação integral: melhoria na aprendizagem em diferentes lugares, com diferentes atores e em diferentes momentos; formação de cidadãos que discutem seus direitos e deveres; e estímulo ao desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, ecoando o tema da 11ª edição do Prêmio Itaú-Unicef (2015-2016) – “Educação integral: aprendizagem que transforma”.

O vídeo de 4’29’’ contém depoimentos de Roberto F. Nobre, do Conselho de Pais de Campos Sales (CE); Nayara M. da Silva, André Frazini e Denilza F. Monteiro, da Associação Obras Sociais da Diocese de Abaetetuba (PA); Márcia Raquel Rolon, do Instituto Moinho Cultural Sul-Americano, de Corumbá (MS); e Henrique M. da Silva e Líria Inez Balestieri, do Centro de Atendimento Especial à Criança e ao Adolescente (Cecap) de Paranavaí (PR).

Assista ao  vídeo:

 

Materiais relacionados

SILVA, Maria de Salete. ONGs e escolas: olhares que tecem uma educação integral: a necessária integração das políticas públicas: depoimento [18 ago. 2014]. São Paulo: Cenpec. Entrevista concedida ao Prêmio Itaú-Unicef.

ARBACHE, Nazira; ARRUDA, Ana Cecília Chaves; DIAS, Sonia (Coord.). Colóquio Educação Integral. São Paulo: Cenpec, 2010.

CARVALHO, Maria do Carmo Brant de (Coord.). Avaliação de percurso: fortalecer organizações sociais e induzir políticas de educação integral. São Paulo: Cenpec, 2008.

Tagsadolescente, articulação, criança, direitos, direitos humanos, organização, OSC, parceria

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)