Plano de educação inte­gral de Itabira

O Plano de educação inte­gral de Itabira sintetiza o processo vivenciado no município ao longo de 2015 e 2016 para a construção de um plano de edu­cação integral. Nesse percurso, a Secretaria Municipal de Edu­cação (SME) contou com a assessoria do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e da Fundação Itaú Social para mapear o que já vem sendo im­plementado na cidade, para escutar os desejos de educadores, alunos e seus familiares e levantar necessidades da rede muni­cipal de ensino para elaborar um plano que dialogasse com a realidade do município, com as expectativas da população e da própria SME, tendo como balizas algumas premissas referentes à educação integral e à ampliação de tempos e espaços para o desenvolvimento pleno de crianças e adolescentes.

Além do grupo gestor – constituído por técnicos da Secretaria de Educa­ção em parceria com o Cenpec e a Fundação Itaú Social –, foram ouvidas muitas outras vozes de Itabira (MG): pais, alunos, professores e gestores da educação, numa perspectiva de escuta ampliada de diferentes sujeitos que se conectam com o universo escolar. O resultado é um plano plural voltado para o fortalecimento das conexões da comunidade escolar com a cidade, visando a gestão ampliada e participativa, a formação continua­da dos sujeitos e a apropriação dos espaços públicos.

Pensar a cidade como eixo norteador de um programa de educação in­tegral impõe o estabelecimento de diretrizes para a transformação das relações sociais, econômicas e culturais de um território. Assim, o Plano de educação integral de Itabira pretende balizar a construção de uma comunidade educadora, em que todos os cidadãos estejam envolvidos na defesa de valores educacionais comuns. O foco é, a partir do universo escolar, ativar as possibilidades educativas e socializadoras da cidade.

Aqui são apresentados os conceitos que orientaram o trabalho, os subsí­dios para a construção do plano (características de Itabira, diagnóstico da rede, descrição e síntese do processo de escuta) e, por fim, as metas e os objetivos traçados para essa versão do plano.

Para baixar a publicação, você deve fazer seu cadastro ou login na plataforma, clique aqui!
Tagsgestão, itabira, plano de educação integral, políticas públicas

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Total de 0 comentário(s)