ONGs Participantes do Prêmio Itaú-Unicef

Leitura de lendas do folclore brasileiro.

Início

  • O que éO que é

    Contato com os personagens que habitam nosso folclore.

  • PúblicoPúblico

    Crianças e adolescentes.

  • MateriaisMateriais

    Livros de histórias do folclore, computadores, internet.

  • EspaçoEspaço

    Sala de leitura, sala de atividades, laboratório de informática, ambientes externos.

  • DuraçãoDuração

    Encontros de 1h30min, uma vez por semana.

  • FinalidadeFinalidade

    .

Na prática

historias_do_folclore_brasileiro
Ações e Dinâmicas
A oficina começa com a seleção de um livro e o educador pode se caracterizar de algum personagem para estimular as crianças. No caso do Projeto Cultura e Desenvolvimento, do Núcleo de Ação Social, instituição autora desta oficina, foi inicialmente selecionado o livro Conte outra vez: lendas do folclore brasileiro, de Aline Navarro Almeida Gonzales – e a educadora se caracterizou de mágico. Em roda, o educador faz a leitura da história, destacando os personagens folclóricos. Posteriormente, educador e estudantes discutem a história e os personagens e, na sequência, no laboratório de informática, os estudantes fazem uma pesquisa sobre o tema “folclore”, além de um desenho do personagem folclórico, que acharam mais interessante.Finalizada a atividade e com a seleção de novos títulos, cada aluno pode escolher o livro que mais o agradou para empréstimo. É uma forma de entretenimento e lazer em casa, incentivando a participação da família.
Participação das crianças e/ou adolescentes
As crianças e os adolescentes participam ativamente da proposta, fazendo perguntas, questionando a existência dos personagens e recontando trechos da história.O grupo pode adotar algumas “regras combinadas”, discutidas antecipadamente, anotadas em uma folha e afixadas na parede da sala de atividades. No caso do Núcleo de Ação Social, dentre os combinados, estiveram:
 Ouvir a história atentamente;
 Levantar o braço quando desejar fazer algum comentário;
 Respeitar a vez de falar do colega.
Aprendizagens que esta oficina propicia às crianças e/ou adolescentes
A oficina tem por objetivos:

 Promover o interesse pelo livro, por meio de contação de histórias;
Proporcionar um momento lúdico, movido à fantasia e imaginação;
 Criar o hábito de ouvir histórias, como também o respeito à pessoa que se dispõe a falar;
 Trabalhar o folclore como forma de resgate e manutenção de nossa cultura;
 Estimular o empréstimo de livros para leitura como forma de prazer e entretenimento;
 Estimular a busca de informações em livros, dicionários, revistas e outras fontes;
 Desenvolver habilidades, por meio de observação e prática, que possibilitem às crianças e aos adolescentes contar suas histórias de maneira mais elaborada.

A oficina incentiva, ainda, o interesse por compartilhar opiniões, ideias e preferências acerca dos livros e estimula o desenvolvimento de estratégias de argumentação, para defender ideias e pontos de vista e de critérios de escolha e indicação de livros.

Organização autora da oficina
Oficina de leitura proposta pelo Projeto Cultura e Desenvolvimento, da ONG Núcleo de Ação Social (NAS), de Campinas (SP), inscrita na 10ª edição do Prêmio Itaú-Unicef.

Para ampliar

.

Participe

Eu fiz assim…

Você já realizou esta oficina?
Nos comentários abaixo, conte para nós: o que deu certo? O que precisou ser modificado? O que foi ampliado? Ajude a plataforma a aprimorar o Banco de Oficinas!

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 1 comentário(s)

  •    Julia  em 
         Educação&Participação respondeu em