ONGs Participantes do Prêmio Itaú-Unicef

Oficina de leitura, arte e cultura, jogos e brincadeiras.

Início

  • O que éO que é

    Produção de textos, brincadeiras, pão de queijo e encenações em torno da letra da música "Menino Maluquinho".

  • PúblicoPúblico

    Crianças e adolescentes de 10 a 12 anos.

  • MateriaisMateriais

    música “O Menino Maluquinho” (Milton Nascimento), livros, filmes, ingredientes para pão de queijo,

  • EspaçoEspaço

    A oficina acontece em parceria com as áreas de Educação Física e Teatro, em diferentes espaços: sala de leitura e escrita, quadra, auditório, cozinha e refeitório (produção do pão de queijo), e biblioteca do bairro.

  • DuraçãoDuração

    Cerca de 6 atividades internas (aulas) e 1 externa (biblioteca), de 1h30min cada. Vale destacar que essa sequência tem continuidade, e outros processos de aprendizagem podem ser iniciados com base exemplo descrito. Na Gol de Letra, foi uma proposta anual, que contou com outras iniciativas.

Na prática

menino_maluquinho
Ações e dinâmicas
Com base na letra da música “O Menino Maluquinho”, de Milton Nascimento, são trabalhadas as brincadeiras preferidas das crianças, que leem e escrevem suas regras e discutem sobre sua importância. Há a produção escrita de uma brincadeira, elaboração de “combinados” para a brincadeira ser realizada na quadra e uma pesquisa sobre o compositor Milton Nascimento. As crianças também devem aprender sobre o estado de Minas Gerais. Na ONG Gol de Letra, nesse momento, elas fizeram uma receita de pão de queijo. Por fim, são desenvolvidas atividades de expressão oral em parceria com o teatro. A sugestão é a exploração de minicenas baseadas no livro O Menino Maluquinho, de Ziraldo, e o treino de entonação/expressão.Na Gol de Letra, a visita à Biblioteca São Paulo consolidou a variedade de filmes e livros que poderiam se relacionar com os debates sobre a música e o filme do Menino Maluquinho.
Participação das crianças e/ou adolescentes
No Programa Virando o Jogo, em que foi originalmente realizada esta oficina, o planejamento é compartilhado com as crianças e os adolescentes.Utilizar essa metodologia ajuda a motivá-los como corresponsáveis pelo processo de aprendizagem, deixando que opinem e decidam sobre algumas propostas e a organização das atividades.Os “combinados”, por sua vez, são criados para dar conta de situações específicas durante as atividades, em rodas de conversa em que se estreitam vínculos afetivos e criam-se regras de convivência entre o grupo e os educadores.Aprendizagens que esta oficina propicia às crianças e/ou adolescentes
A oficina em questão parte de uma proposta interdisciplinar. No processo, os resultados desejados são:

 A apropriação do universo do autor Ziraldo e de seus livros;
 Aprendizagens sócio-históricas relacionadas ao compositor Milton Nascimento e ao estado de Minas Gerais;
 Ampliação de conhecimento por meio de livros e filmes;
 Experimentação e aprendizagens relacionadas ao teatro e à cultura popular – brincadeiras.

No caso específico de leitura e escrita:

 Ler diferentes gêneros: história, letra de música, biografia, receita;
 Produzir textos: teatrais, informativos, histórias, descrições, fôlderes e outros.

Os desdobramentos e resultados variam de acordo com as turmas, pois é fundamental ser flexível, perceber as oportunidades de aprendizagem proporcionadas pelos próprios educandos e, como educador, não se frustrar caso a aula não saia como o planejado inicialmente.

Organização autora da oficina
Oficina de leitura, arte e cultura e jogos e brincadeiras proposta pelo Programa Virando o Jogo, da Fundação Gol de Letra, de São Paulo (SP), inscrita na 10ª edição do Prêmio Itaú-Unicef.

Gostou?
Então, acesse a oficina “Brincadeiras que vão e que vêm” e a oficina sobre o Menino Maluquinho da Comunidade Espírita Cairbar Schutel.

Participe

 

Eu fiz assim…

Você já realizou esta oficina?
Nos comentários abaixo, conte para nós: o que deu certo? O que precisou ser modificado? O que foi ampliado? Ajude a plataforma a aprimorar o Banco de Oficinas!

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)