ONGs Participantes do Prêmio Itaú-Unicef

Pesquisa de palavras significativas da vida no território, para compor o alfabeto.

Início

  • O que éO que é

    Produção de alfabeto com iniciais de palavras do universo cultural caiçara.

  • PúblicoPúblico

    Crianças em reforço escolar.

  • MateriaisMateriais

    Folhas de papel sulfite, cartolina, pincéis atômicos, lápis cloridos.

  • EspaçoEspaço

    Na instituição, na sala de aula, nos bairros, em salas de vídeo.

  • DuraçãoDuração

    Cada turma conta com 1 hora e meia de atividade, uma vez por semana, completando um total de 3 semanas dedicadas à essa atividade.

Na prática

a1

Ações e Dinâmicas

A criação de um alfabeto, construído pelos próprios alunos, usando imagens do seu cotidiano (A de anzol, B de barco, C de canoa, de cais, etc.), ilustrado com figuras simbólicas dessa cultura local, dá aos educadores oportunidades de trabalharem esse universo cheio de significação, não apenas para as crianças, mas também para seus familiares, como pais, mães e avós, que, motivados pelas circunstâncias, buscaram na memória, vivências e conhecimentos que foram sendo repassados às crianças ao longo das atividades.

As regras são construídas coletivamente com a orientação dos educadores, como os “combinados” (os acordos de convivência, enfatizando cuidados com os materiais e respeito às diferenças, por exemplo). Essas regras são elaboradas pelos alunos de forma que – sob a observação e orientação dos educadores – sejam respeitadas a opinião de todos os alunos.

Primeiramente são realizadas saídas com os alunos, em “visitas” aos locais próximos ao Projeto: passeios para observação dos trabalhadores e moradores desses pontos, etc.

As dinâmicas acontecem com sorteios para escolha das letras nas quais dois alunos irão trabalhar, pesquisando, desenhando, pintando e colando conjuntamente. O desenvolvimento se dá com a criação dos desenhos, pinturas, colagens, etc. A cada etapa vencida são realizadas brincadeiras e jogos de palavras.

Quando finalizado, o alfabeto é fixado na sala de aula, com a ajuda dos alunos e passa a ser um recurso utilizado no dia a dia das atividades de reforço em alfabetização.

 

Participação das crianças e/ou adolescentes

Os alunos inventam e compreendem por meio de “peças” e “produtos” o universo de suas vivências.

Aprendizagens que esta oficina propicia às crianças e/ou adolescentes

As aprendizagens resultantes dessa oficina fazem parte de uma estratégia conceituada na valorização do ambiente em que os alunos vivem, fortalecendo a compreensão do contexto de suas vidas e de sua herança cultural.
Organização autora da oficina

Oficina de leitura proposta pelo Projeto Casa Escola, da ONG Verde Cidadania, inscrito na 10ª Edição do Prêmio Itaú-Unicef.

Gostou?

Então acesse a oficina “Uma expedição pelo Território”, que promove um exercício de apurar o olhar para o território, identificando o que existe de equipamentos sociais e culturais disponíveis (posto de saúde, biblioteca, centro esportivo, telecentro, centro cultural etc.). Clique aqui. 

Participe

Eu fiz assim…

Você já realizou esta oficina?
Nos comentários abaixo, conte para nós: o que deu certo? O que precisou ser modificado? O que foi ampliado? Ajude a plataforma a aprimorar o Banco de Oficinas!

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 4 comentário(s)

  •    Magali Maria de Sales dos Santos.  em 
         Educação&Participação respondeu em 
  •    ELIANE PEREIRA DO CARMO RODRIGUES  em 
         Educação&Participação respondeu em 
  •    ELIANE PEREIRA DO CARMO RODRIGUES  em 
         Educação&Participação respondeu em 
  •    rosana  em 
         Educação&Participação respondeu em