Educação&Participação

Pesquisa sobre os desperdícios de recursos naturais de nosso dia a dia

Início

  • O que éO que é

    Pesquisa sobre os desperdícios de recursos naturais de nosso dia a dia

  • PúblicoPúblico

    Crianças e adolescentes

  • MateriaisMateriais

    Folhas de sulfite, com tabelas para registro de dados, folhas de papel pardo

  • EspaçoEspaço

    Na sala de aula e na casa da família

  • DuraçãoDuração

    Dois encontros de 1h30 (uma hora e trinta minutos) cada.

  • FinalidadeFinalidade

    Desenvolver o olhar crítico sobre atitudes que provocam desperdícios no dia a dia.

  • ExpectativaExpectativa

    Aprender a identificar os comportamentos cotidianos que geram desperdício, fazendo uso consciente dos recursos necessários para viver em nossa cultura.

Na prática

Primeiro encontro: Preparando a pesquisa

Na roda inicial da oficina, anuncie que o tema a ser tratado será o desperdício de recursos naturais, que são: água, energia solar, minérios, vegetação e animais, usados para produzir tudo o que consumimos em nosso dia a dia como alimentos, remédios, cadernos, computadores, gasolina, roupas, celulares etc. Pergunte, aos alunos. o que entendem por desperdício e faça uma rodada, de forma que todos se expressem sobre o assunto. Observe se conseguiram definir que desperdiçar é consumir mais do que o necessário.

(Conceito extraído de Caldas Aulete virtual)(des.per..ci:o)

sm.

  1. Ação ou resultado de desperdiçar; ESBANJAMENTO
  2. Gasto ou uso excessivo e sem proveito: O jogo é um desperdício de dinheiro.
  3. Perda, desaproveitamento:

E se?

Se ficarem confusos entre os conceitos de consumo e consumismo, ajude-os a entender que precisamos dos recursos naturais para viver e por isso os consumimos. No entanto, o que usamos a mais do que é necessário, é desperdício. Assim, jogar pedaços de pão fora, colocar mais comida no prato do que realmente se  vai comer, ficar muito tempo no banho com o chuveiro ligado, deixar luzes acesas, quando não estamos nos cômodos é desperdício. Assim também é desperdício comprar mais bens materiais do que precisamos para viver com dignidade, como roupas, telefones e carros de luxo ou objetos em quantidade excessiva. Isso é consumismo.

Peça que pensem em tudo que consomem durante um dia comum. Organize a fala, a partir da relação abaixo:

  • higiene;
  • café da manhã;
  • material que levam à escola para estudar;
  • lanche para o intervalo;
  • almoço;
  • brinquedos;
  • lição de casa;
  • lanche da tarde;
  • banho;
  • jantar;
  • hora de dormir;
  • Idas ao banheiro;
  • uso de aparelhos elétricos e eletrônicos, como televisão, celular, computador, ventilador, secador de cabelo.

Registre o que eles relatarem, em um cartaz, previamente organizado por você, com duas colunas: em uma delas, serão registradas as situações de consumo e, na outra, os eventuais desperdícios em relação a elas. É importante o educador fazer uma adaptação dos itens abaixo, de acordo com a faixa etária, características regionais e condições socioeconômicas do grupo.

Uso de recursos para: Consumo   Desperdício
higiene ___________________ ___________________
café da manhã ___________________ ___________________
material que levam à escola para estudar ___________________ ___________________
lanche para o intervalo ___________________ ___________________
 almoço ___________________ ___________________
brinquedos ___________________ ___________________
lição de casa ___________________ ___________________
lanche da tarde ___________________ ___________________
banho ___________________ ___________________
jantar ___________________ ___________________
 hora de dormir ___________________ ___________________
 Idas ao banheiro ___________________ ___________________
 uso de aparelhos elétricos e eletrônicos como televisão, celular, computador, ventilador, secador de cabelo ___________________ ___________________

 

Proponha, a seguir, que realizem uma investigação, em casa, sobre o que se desperdiça, ou seja, sobre o que se consome a mais do que é preciso.

Para isso observarão, durante alguns dias, os hábitos da família, de manhã até a noite, seguindo esse roteiro e registrando as observações numa tabela igual a que fizeram em sala.

A partir da verificação das situações em que se desperdiçam recursos, poderão, juntos, debater e descobrir formas de evitá-las. Distribua as folhas com a tabela para registro e combine uma data para a semana seguinte ou para, aproximadamente, uns 15 dias, após o primeiro encontro, para dar andamento à oficina.

 

Segundo encontro: Estudando a tabela e propondo mudanças

No dia marcado, oriente que cada um tenha sua tabela à mão.

Você vai orientando-os, item a item, para que  verifiquem o que foi registrado como desperdício, em cada situação de consumo. Registre na lousa ou em um cartaz, as situações de desperdício relacionadas.

Ao término do levantamento dos dados, peça que todos observem a lousa ou o cartaz e apontem onde há maior incidência de desperdício e onde há menos.

Faça, coletivamente, uma listagem, em ordem decrescente, dos desperdícios. Distribua a ficha do Anexo 1 para que eles façam uma leitura, juntos, sobre como evitar desperdício em relação à água, à energia e aos alimentos.

A partir dessas dicas, organize-os em grupos e proponha que pensem em alternativas para as situações de desperdício mais apontadas na listagem que desenvolveram e pensem também em como divulgar essas alternativas em casa e na ONG/escola.

 

Hora de Avaliar:

Em círculo, peça que falem sobre a pesquisa realizada e o que aprenderam com ela. Já tinham parado para pensar sobre seus hábitos cotidianos e o impacto que provocam no meio ambiente? O levantamento feito ajudou-os a entender como consumimos os recursos naturais a mais do que precisamos para viver? Provocou desejo de mudança? Como poderíamos concretizar esse desejo de mudança?

 

O que mais poderá ser feito? 

O grupo poderá organizar uma campanha ampla na comunidade, com cartazes produzidos por eles e afixados em lugares bem visíveis, ou promover, com a ajuda de professores/educadores de arte, algumas intervenções artísticas pelo território, usando diferentes linguagens como teatro, música, dança, tendo como tema a preocupação com a preservação dos recursos naturais.

 

Fonte de Referência

Site da Akatu Consumo consciente para uma sociedade sustentável.

 

 

Para ampliar

Na maior parte do tempo, desenvolvemos nossas atividades cotidianas sem pensar em nosso padrão de consumo (como e quanto consumimos) e no impacto que ele causa no meio ambiente.

Com isso, muitas vezes, acabamos por usar os recursos naturais mais do que é realmente necessário para nossa sobrevivência, gerando desperdício. Fazemos isso com o uso excessivo de água, da energia, com os alimentos e com a aquisição de bens como roupas, eletrodomésticos, celulares etc.

A conscientização para reduzir o desperdício, por parte de quem produz e de quem consome, contribui para a construção de uma sociedade mais sustentável.

É fundamental a implementação de novas tecnologias e de políticas públicas que mobilizem um padrão de produção sustentável pelas indústrias.

Por outro lado, cada cidadão pode fazer sua parte, com pequenas mudanças nas práticas cotidianas, que não exigem sacrifícios e que são primordiais para reduzir o problema e trazer benefícios para a sociedade e para o meio ambiente. Se nos atentarmos para o fato de que, hoje, já consumimos e descartamos 50% mais recursos naturais renováveis do que o planeta é capaz de regenerar e absorver, inclusive a água, é possível ter a dimensão da gravidade do problema.

Gostou?

Acesse também a oficina “Preciso ou quero?”, deste Banco.

 

Participe

Eu fiz assim…

Você já realizou esta oficina?
Nos comentários abaixo, conte para nós: o que deu certo? O que precisou ser modificado? O que foi ampliado? Ajude a plataforma a aprimorar o Banco de Oficinas!

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total de 0 comentário(s)