Seminário Internacional




Tweetar

Projeto Preservando a Vida, do Núcleo de Apoio ao Pequeno Cidadão. 10ª Edição do Prêmio Itaú-Unicef - Foto: Nilson Eiji Suguino / Cine Foto Rudge
Notícias do Seminário:

Conheça os principais destaques do seminário que reuniu em São Paulo no dia 14 de novembro mais de 600 pessoas, entre educadores, representantes de organizações e do Poder Público para debater e aprofundar com 14 especialistas do Brasil e do exterior temas como panoramas e tendências da educação integral , articulação entre ONG e escola, proposta pedagógica e novas formas de produções juvenil. Clique aqui.

Participe, envie sua pergunta!

Você pode participar do seminário antes mesmo que ele aconteça. Envie questões ou análises sobre as temáticas que serão debatidas.
Suas perguntas e seus comentários poderão ser contemplados e respondidos durante o evento. Para isso, conheça os eixos temáticos do seminário e faça a sua pergunta.

Clique aqui
para conhecer os eixos temáticos.

Apresentações
Vídeos
Últimas notícias
  • Noticia 1

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum varius magna eget felis lacinia, eu bibendum eros dapibus.

  • Noticia 2

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum varius magna eget felis lacinia, eu bibendum eros dapibus.

  • Noticia 3

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum varius magna eget felis lacinia, eu bibendum eros dapibus.


Programação

Manhã
  • 8h30 – Recepção, credenciamento e café de boas vindas
  • 9h – Abertura
  • 9h20 – Mesa: Panorama e Tendências da Educação Integral
    Palestrantes:
    • Diana Toledo Figueroa — Analista de Políticas Educacionais da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).
    • Jessica Donner — Diretora executiva da Every Hour Counts.
    • Lucia Couto — mestranda pela PUC/-SP na linha de pesquisa Educação e Currículo e ex-secretária de Educação das prefeituras de Diadema (SP) e Embu das Artes (SP) e membro da diretoria da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-SP).
    Debatedores (30’)
    • Anna Helena Altenfelder
      Superintendente do Cenpec.
    • Isabel Santana
      Superintendente da Fundação Itaú Social.
  • 11h05 – Debate com o público
  • 12h05 – Almoço
Tarde
  • 13h30
    • Mesa 1 — Articulação entre ONG e Escola Pública pelo Desenvolvimento Integral de Crianças e Adolescentes
      Especialistas:
      • Isa Guará – professora de pós-graduação da Universidade Anhanguera de São Paulo (Unian).
      • Eliane Ferreira Silva — diretora de escola pública, graduada em pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
      • Marcelo Mazzoli — coordenador da área de educação e parcerias no escritório do Unicef do Brasil.
    • Mesa 2 — Proposta Pedagógica: Conteúdos, Espaços e Tempos na Perspectiva da Educação Integral
      Especialistas:
      • Antonio Sérgio Gonçalves – educador, psicanalista, pós-graduado em psicologia e educação pela Faculdade de Educação da USP.
      • Romualdo Luiz Portela de Oliveira – professor titular do Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo(FE-USP).
    • Mesa 3 — As Novas Formas de Produção Juvenil na Perspectiva da Educação Integral
      Especialistas:
      • Adam Fletcher — consultor para organizações que trabalham com juventude desde 1997. É especialista em engajamento comunitário juvenil e fundador do Freechild Project.
      • Marcus Faustini — fundador do Projeto Reperiferia e da Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu (RJ) e coordenador da Agência de Redes para Juventude e o Festival Hometheatre.
  • 17h — Encerramento




Convidados



Marcelo Mazzoli

Especialista em Educação Básica, Marcelo Mazzoli possui 34 anos de trabalho em políticas públicas de educação e proteção social no Brasil e no exterior pelo Unicef, tendo experiências no México, Moçambique e nos escritórios do de Recife/PE e Belém/PA. Atualmente é o coordenador da área de Educação e Parcerias no escritório do UNICEF no Brasil.

13h30 - Mesa 1 — Articulação entre ONG e Escola Pública pelo Desenvolvimento Integral de Crianças e Adolescentes

×

Anna Helena Altenfelder

É pedagoga, mestre e doutora em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Foi professora e coordenadora do curso de Psicopedagogia Clínica e Institucional do Instituto Sedes Sapientiae, professora convidada da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da Faculdade Oswaldo Cruz. Atualmente, é superintendente do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

×

Diana Toledo Figueroa

Analista de Políticas Educacionais da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) desde 2007, Diana Toledo Figueroa desenvolve projetos que buscam melhorar a qualidade do ensino-aprendizagem em escolas do México de outros países. Com Ph.D na área de Desenvolvimento Socioeconômico, ela já atuou no Conselho Internacional de Museus (Icom) e no Conselho Internacional de Ciências Sociais (ISSC) da Unesco.

9h20 – Mesa: Panorama e Tendências da Educação Integral

×

Jessica Donner

Com mestrado em Política Urbana e Gestão em Educação pela Universidade da Pensilvânia, Donner é diretora executiva da Every Hour Counts (Cada Hora Conta, em tradução livre), uma articulação de organizações que busca aumentar as oportunidades de aprendizagens de crianças, adolescentes e jovens nos Estados Unidos. A Every Hour Counts desenvolve recomendações e soluções políticas, testa a viabilidade de políticas públicas e presta assistência técnica às comunidades para construir sistemas de aprendizagem ampliada.

9h20 – Mesa: Panorama e Tendências da Educação Integral

×

Lucia Couto

Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista (Unesp - Araraquara), Lucia Couto atuou como formadora no Instituto Paulo Freire (IPF) e como coordenadora de Programas Educacionais na Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente. Foi secretária de Educação das prefeituras de Diadema (SP) e Embu das Artes (SP) e membro da diretoria da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-SP). Exerceu a função de coordenadora geral de Ensino Fundamental do Ministério da Educação (MEC) e atualmente é mestranda pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP na linha de pesquisa Educação e Currículo.

9h20 – Mesa: Panorama e Tendências da Educação Integral

×

Isabel Santana

Superintendente da Fundação Itaú Social, Isabel Santana é formada em Filosofia pela Pontificia Università Gregoriana (Roma), com pós-graduação em Administração de Terceiro Setor pela Fundação Getulio Vargas (SP). Fez também MBA em Gestão e Empreendedorismo Social pela Fundação Instituto de Administração/Universidade de São Paulo. Foi professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental e atuou na formação de professores e coordenadores pedagógicos em Filosofia e Educação para o Pensar e Ensino de Filosofia para Crianças. Atua há 25 anos na área social, com experiência em elaboração e gestão de projetos sociais.

×

Eliane Ferreira Silva

Diretora de escola pública, Eliane é graduada em pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro; mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, com pós-graduação pelo Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente dirige uma escola pública na Penha, na cidade do Rio de Janeiro, com atendimentos a alunos na faixa etária de 10 a 16 anos (Ginásio).

13h30 - Mesa 1 — Articulação entre ONG e Escola Pública pelo Desenvolvimento Integral de Crianças e Adolescentes

×

Adam Fletcher

É fundador do Freechild Project, que defende a transformação social liderada por e com jovens de todo o mundo , especialmente aqueles cujos direitos lhes têm sido historicamente negados. Adam Fletcher trabalha com educadores , assistentes sociais e gestores públicos de todo o mundo na democratização de práticas e políticas educacionais em escolas e programas de juventude . Também atua como diretor e conselheiro de várias organizações e escreveu mais de 50 publicações relacionadas ao trabalho com jovens , escola e transformação social.

13h30 - Mesa 3 — As Novas Formas de Produção Juvenil na Perspectiva da Educação Integral

×

Romualdo Luiz Portela de Oliveira

Licenciado em Matemática, mestre, doutor e livre-docente em Educação pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio de pós-doutoramento na Universidade de Cornell (Estados Unidos), foi consultor do Laboratório Latino-Americano de Avaliação da Qualidade da Educação (LLECE) da Orealc-Unesco (Chile), foi pesquisador-visitante na Universidade de Maryland (Programa de Educação Internacional e Comparada) e também foi visitante no Instituto de Educação da Universidade do Minho (Portugal). Atualmente é professor titular do Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP).

13h30 - Mesa 2 - Proposta Pedagógica

×

Marcus Faustini

Diretor teatral, documentarista e escritor, Marcus Vinícius Faustini é autor do Guia afetivo da periferia (2009) e co-autor de O novo carioca (2012), ao lado de Jailson de Souza e Silva e Jorge Luiz Barbosa. Em 2011, criou a metodologia da Agência de Redes para Juventude para transformar ideias de jovens das favelas cariocas em projetos para impactar suas comunidades, aumentando suas redes e repertórios.

13h30 - Mesa 3 — As Novas Formas de Produção Juvenil na Perspectiva da Educação Integral

×

Isa Guará

Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas de São José dos Campos (Univap), mestre e doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Isa atualmente é professora da Universidade Anhanguera de São Paulo (Unian) e participa do Conselho Editorial da Revista Brasileira Adolescência e Conflitualidade e do Conselho Consultivo do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). Ela também é assessora da Associação de Pesquisadores dos Núcleos de Estudos e Pesquisas da Criança e do Adolescente (Neca).


13h30 - Mesa 1 — Articulação entre ONG e Escola Pública pelo Desenvolvimento Integral de Crianças e Adolescentes

×

​​Antonio Sérgio Gonçalves

Educador, psicanalista, pós-graduado em psicologia e educação pela Faculdade de Educação da USP e membro do Departamento de Formação em Psicanálise do Sedes Sapientiae.

13h30 - Mesa 2 - Proposta Pedagógica

×

Eixos temáticos

Panorama e Tendências da Educação Integral
Articulação entre ONG e Escola Pública
Proposta Pedagógica
As Novas Formas de Produção Juvenil

Panorama e Tendências da Educação Integral

​Palestrantes: Diana Toledo Figueroa — Analista de Políticas Educacionais da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Jessica Donner — ​Diretora executiva da Every Hour Counts.

Lucia Couto — ​Mestranda pela PUC-SP na linha de pesquisa Educação e Currículo e ex-secretária de Educação das Prefeituras de Diadema (SP) e de Embu das Artes (SP) e membro da diretoria da Undime-SP.

Debatedores​: Anna Helena Altenfelder​ — Superintendente do Cenpec.

Isabel Santana — Superintendente da Fundação Itaú Social.

A mesa Panorama e Tendências da Educação Integral discutirá resultados de estudos e pesquisas e apresentará iniciativas que inspiram e contribuem para qualificar os esforços no desenvolvimento de iniciativas de Educação Integral.

A partir dos estudos coordenados pela OCDE, incluindo as avaliações do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), serão discutidas evidências da contribuição da ampliação de tempo e da diversificação de conteúdos e espaços para a aprendizagem de alunos.

Na sequencia, será apresentada a experiência da Every Hour Counts (Cada Hora Conta), iniciativa que coordena alianças de ONGs que trabalham em parceria com as redes públicas para aumentar o acesso de crianças, adolescentes e jovens a oportunidades de aprendizagem. Serão abordados os desafios e aprendizados na construção de sistemas que fortalecem a sinergia entre organizações da sociedade civil, escolas públicas , formuladores de políticas e financiadores na oferta de programas de educação integral.

Experiências brasileiras também serão discutidas, com o apontamento de perspectivas em relação a políticas, universalização, modelos, oportunidades e desafios.

Articulação entre ONG e Escola Pública pelo Desenvolvimento
Integral de Crianças e Adolescentes

Debatedores: Isa Guará — Professora de pós-graduação da Universidade Anhanguera de São Paulo (Unian).

Eliane Ferreira Silva — ​Diretora de escola pública, graduada em pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Marcelo Mazzoli — Coordenador da área de educação e parcerias no escritório do Unicef do Brasil. pelo Unicef.

Projetos:

Centro de Promoção e Assistência Social Ana Bernardina e E.M. Hebert José de Souza (Belo Horizonte/ MG)

Conselho de Pais de Campos Salles e Escola Infantil e Fundamental José Augusto Sobrinho (Campos Sales/ CE)

Fundação Gol de Letra e EMEF João Ramos Pernambuco Abolicionista (São Paulo/ SP)


A partir de relatos de experiências de parcerias, a mesa Articulação entre ONG e Escola Pública pelo Desenvolvimento Integral de Crianças e Adolescentes busca promover o debate sobre a parceria entre ONG e escola, suas potencialidades, limites e possibilidades de ação conjunta para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes.

Outra reflexão relaciona-se ao desafio da articulação de ONGs e escolas com programas e serviços das políticas públicas para ampliar as possibilidades de desenvolvimento integral de crianças e adolescentes.

Para aprofundar o tema proposto pela mesa, especialistas e representantes de ONGs e escolas vão analisar e debater questões como:

  • Quais condições precisam ser criadas para efetivar uma parceria?
  • O que garante a manutenção da parceria ao longo do tempo?
  • Quais são os principais ganhos no trabalho em parceira?
  • Quais são as possibilidades concretas de articulação com os programas e serviços públicos no território?
  • Quais são os principais entraves para essa articulação? Como avançar nessa articulação?

Proposta Pedagógica: Conteúdos, Espaços e Tempos na Perspectiva da Educação Integral

Debatedores: Antonio Sérgio Gonçalves — Educador, psicanalista, pós-graduado em psicologia e educação pela Faculdade de Educação da USP.

Romualdo Luiz Portela de Oliveira — Professor titular no Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

A mesa debaterá a reorganização de conteúdos, espaços e tempos com base nas diferentes modalidades de ampliação da jornada. A expectativa é aprofundar as reflexões sobre como as propostas pedagógicas na educação integral podem ampliar as oportunidades de aprendizagem e promover o desenvolvimento das crianças e dos adolescentes em todas as suas dimensões.

Os convidados abordarão algumas questões com o intuito de contribuir e ampliar a reflexão sobre o tema proposto pela mesa:

  • Desempenho escolar e desenvolvimento de valores, atitudes e participação na vida pública.
  • A base nacional comum e a parte diversificada do currículo.
  • Os diferentes espaços de aprendizagem na escola e na comunidade.
  • A qualificação do tempo nas propostas de ampliação da jornada visando ao desenvolvimento integral.
  • A perspectiva do trabalho por meio de projetos e oficinas socioeducativas.
  • Currículo único e integrado, envolvendo atividades artísticas, culturais, esportivas, tecnológicas e lúdicas e as disciplinas da Base Nacional Comum
  • As novas necessidades formativas a partir das propostas de educação integral.
  • As parcerias entre escolas e organizações sociais: convergências e especificidades.

Com o intuito de enriquecer a discussão e trazer insumos de como as redes públicas estão implementando as propostas de educação integral, dois municípios vão apresentar suas experiências: Coronel Fabriciano/MG e Porto Alegre/RS.

As Novas Formas de Produção Juvenil na Perspectiva da Educação Integral

Debatedores: Adam Fletcher — Consultor para organizações que trabalham com juventude desde 1997. É especialista em engajamento comunitário juvenil e fundador do Freechild Project.

Marcus Faustini — Fundou o Projeto Reperiferia e a Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu (RJ) e coordena a Agência de Redes para Juventude e o Festival Hometheatre.

A mesa ‘As Novas Formas de Produção Juvenil na Perspectiva da Educação Integral’ pretende promover um espaço de reflexões sobre as relações entre os jovens, os cenários urbanos, os modelos educacionais e seus desdobramentos. A expectativa é contribuir com o debate atual sobre essas questões, em diálogo com as concepções de trabalho com a juventude que têm permeado o Programa Jovens Urbanos e também aproximar tais discussões a outros segmentos e atores públicos envolvidos na atuação com juventudes.

Os convidados, Adam Fletcher e Marcus Faustini, nas suas áreas de atuação, abordarão algumas das questões abaixo com o intuito de contribuir e ampliar a reflexão sobre o tema proposto pela mesa:

  • Quais representações estão presentes no imaginário social sobre jovens residentes nos espaços urbanos?
  • Como se apresentam as principais fronteiras territoriais, educacionais, culturais e socioeconômicas no que diz respeito à proposição de um novo modelo de educação para os jovens moradores das periferias?
  • Que leituras podem ser feitas sobre o potencial participativo e reivindicativo das demandas próprias das juventudes nesse cenário?
  • As variáveis de raça e gênero são elementos que tendem a impactar esse cenário?
  • Quais são as propostas de ações estratégicas a serem implementadas por programas que tratam das questões juvenis? E, em particular, quais são as recomendações técnicas para a produção de conhecimento sobre educação integral e juventude?

Envie sua pergunta

Pergunta enviada com sucesso

Recebemos sua pergunta!

 
Iniciativa:
Coordenação Técnica: