Temáticas da educação integral

Itinerário para as juventudes: educação integral e Ensino Médio

Um itinerário é um convite para percursos. Nesse ambiente vamos compartilhar alguns materiais formativos elaborados com base na assessoria do Programa Jovens Urbanos à Secretaria de Educação de Minas Gerais.

Um pouco mais sobre essa parceria...

Em 2017, o Programa Jovens Urbanos entra em seu terceiro ano de assessoria à Secretaria de Educação de Minas Gerais. As atividades desenvolvidas são baseadas em uma concepção de educação integral para as juventudes.

Diversas escolas da rede estadual de ensino de Minas Gerais compõem o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, organizadas em seis polos distribuídos por todo o estado. Elas receberão, direta ou indiretamente, as intervenções do Programa Jovens Urbanos.

As ações no escopo dessa parceria concentram-se em formações nas quais participam gestores públicos  e profissionais de escolas do Ensino Médio. Também serão realizados planos de escuta jovem nas escolas para reconhecer anseios, proposições e projetos estudantis como elementos de integração curricular.

Outra ação em destaque é a sistematização de experiências e conhecimentos, por meio da produção escrita e audiovisual, que resultará em duas publicações e vídeos formativos sobre juventudes, educação integral e temas relacionados. Tais produções poderão ser conferidas aqui neste espaço. São materiais destinados à disseminação de metodologias e práticas de trabalho com as juventudes. Fica aqui o convite para que acessem os materiais e conheçam o desenho de novas trilhas de práticas e saberes.

Itinerário para as juventudes e a educação integral em Minas Gerais: parte I – concepções e metodologias 

 

Esse livro é um instrumento de disseminação de concepções e metodologias de trabalho com as juventudes, considerando o contexto particular do Ensino Médio Integral. É resultado de uma parceria entre a Fundação Itaú Social, o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e a Secretaria de Educação de Minas Gerais.

Orientado pelas metodologias do Programa Jovens Urbanos em diálogo com as políticas da Secretaria de Educação de Minas Gerais, o livro oferece algumas trilhas de saberes e práticas para a educação integral de jovens, delineando a primeira parte de um itinerário para uma escola transformadora.

Clique aqui para fazer download!

Fragmentos do Livro

Selecionamos alguns fragmentos desse livro itinerário.

Aqui você pode acessar e baixar materiais com sugestões de atividades para o trabalho direto com os jovens de sua escola.

Ciclos da produção do conhecimento

A atividade “Refletindo sobre as questões raciais no Brasil” exemplifica a articulação dos verbos explorar, experimentar, produzir e expressar, que compõem os ciclos da produção do conhecimento juvenil. Inspire-se!

Como organizar um plano participativo?

O plano participativo é uma importante estratégia de escuta e validação das “ideias jovens”. Aqui, você acessa materiais que podem ajudá-lo a tornar esse encontro ainda mais potente.

Mapas feitos à mão: cartografias do território

Proposta de atividade lúdico-criativa com o objetivo de apreender as relações dos jovens com os espaços e os equipamentos de seu território.

A formação de profissionais

Três atividades formativas para educadores tematizam a concepção de juventudes, a escuta e a vivência dos verbos explorar e experimentar. Confira!

Pomar das percepções: cartografias pessoais

Proposta de atividade lúdico-criativa com o objetivo de estimular os jovens a construírem redes de sentido para as vivências propiciadas pelas intervenções em suas escolas. Essa atividade pode ser desenvolvida como uma estratégia de escuta singular!

VÍDEOS

Essa série de vídeos aborda, de maneira direta e criativa, algumas concepções e práticas de educação integral, buscando apoiar, principalmente, professores e gestores que trabalham com jovens. Foram produzidos levando em conta a implantação do Ensino Médio Integral e Integrado em Minas Gerais e os marcos conceituais do Programa
Jovens Urbanos
.

O primeiro vídeo parte da provocação “de qual educação integral estamos falando?” e revela que esta não se resume à ampliação da jornada escolar do jovem. As demais produções apresentam estratégias e sugestões práticas para sua realização, entendidas como componentes do desenvolvimento integral e que podem ser incorporadas às atividades escolares. Uma delas é a “exploração do território,” que provoca uma reflexão sobre o direito à cidade através da circulação dos jovens. A outra é o “plano participativo”, uma proposta que possibilita a organização de espaços de escuta na escola para acessar desejos juvenis, mapeando necessidades e potencialidades dentro e fora da escola.

Educação Integral – Concepção

Estratégias de Escuta

Exploração do Território

Créditos

Concepção do ambiente Juliana Gonçalves, Equipe Jovens Urbanos. Colaboração de Renata Alencar
Design e diagramação do ambiente Ana C. Bahia, Karine Oliveira, Thiago Luis de Jesus
Livro: Itinerário para as juventudes e a educação integral em Minas Gerais Iniciativa: Fundação Itaú Social e Secretaria de Educação de Minas Gerais Coordenação técnica: Cenpec e Programa Jovens Urbanos